quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Capitulos

.
.
Era uma vez um leitor, curioso sobre a história dentro de um livro. Era uma vez um livro, curioso sobre os olhos daquele leitor.
Era uma vez a história de um. Era uma vez a história de outro.
Mas porque alguém tinha de dar o braço a torcer, o livro rendeu-se e começou o primeiro capítulo.
Os livros sempre se rendem: não é a toa que eles capitulam.
.
Rita Apoena
.
.

4 comentários:

Georgia disse...

Amei!

Gaspar de Jesus disse...

Olá DALVA
Sinceros votos de " MUITO AMOR EM SEU SER "
Bjs
G.J.

Dalva disse...

Oi, Georgia... também amo a poesia da Rita...

Beijos!

Dalva disse...

Gaspar,

Agradeço sempre o teu carinho, meu amigo. PAZ prá ti, sempre!

Beijinhos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...