domingo, 29 de março de 2009

Pertencer

.
.
“Brincar na calçada num fim de tarde de verão, vestido leve, às vezes pés descalços.
Jogar bola, correr, brincar de roda.
O ritmo, o riso, os giros e as vozes.
.
Um cálido amor pelas crianças que lhe davam as mãos e a levavam na roda.
Fazer parte, pertencer, ser igual...”
.
Lya Luft
in “Mar de Dentro”
.

2 comentários:

Nade disse...

Que delícida a inocência infantil, as brincadeiras meigas de menina...
Saudade gostosa que fica, não é mesmo...
Estive um pouco ausente daqui, mas como boa seguidora que sou (rsrsrs), virei com mais frequencia, até porque adoro o seu blog!
Bjs e excelente domingo!

Dalva disse...

Oi,
Nade!

Esses trechos de "Mar de Dentro" de Lya Luft são os meus preferidos deste livro maravilhoso!

Beijos, querida, e boa semana!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...