domingo, 12 de setembro de 2010

As faces do tempo


As fotografias a seguir fazem parte de uma série, e foram tiradas em diversos locais do mundo entre 1987 e 2005. Por estimativas do Gerontology Research Group existem 250.000 pessoas com 100 ou mais anos de idade atualmente vivas. São casos raros essas pessoas que vivem 110 anos ou mais, inspirando uma nova etiqueta demográfica: "os supercentenários".

Apreciem as belas fotografias, juntamente com o texto super realista e sempre pertinente de Silvana Duboc.

IRRETOCÁVEL

Homem de 110 anos de idade e 115 dias, de ascendência alemã e irlandesa.

Tenho cabelos claros, pintados, para esconder os fios brancos. Não me recordo exatamente em que ano eles começaram a branquear... Tenho algumas rugas em volta dos olhos, mas também não me recordo quando elas começaram a aparecer.

Homem de 108 anos de idade, americano de origem inglesa.

Tento disfarçá-las, são tantas novidades no campo da dermatologia, achei por bem aproveitá-las.

.
Homem de 105 anos de idade, italiano nascido na Sicília.

Do corpo, quase não cuido, só recentemente entrei para uma academia por ordem médica.
Ele me disse que na minha idade preciso de exercícios... Mas falto mais do que vou, não gosto de fazer ginástica.

Homem de 110 anos e 320 dias de idade, americano nativo, filho de de um afro americano e uma sueca.

Das minhas unhas cuido semanalmente, penso que elas são um cartão de visita. Unhas maltratadas causam uma péssima impressão!

Homem de 102 anos de idade, agricultor.

De uns dez anos pra cá descobri os cremes e aí compro um aqui, outro ali e no final não uso nenhum. Porém, só de olhá-los na prateleira, percebo que as rugas se retraem.

Foto de uma mulher de 106 anos de idade, a mais antiga mulher nativa da tribo Coeur d'Alene.

Mantenho a vaidade, mas não em excesso. Penso que sou na medida certa para uma mulher. Enfim, os anos passam... e as marcas que eles deixam em nós não temos como conter.
Nem pretendo isso!

Nativo Navajo de 106 anos de idade, mora perto Canyon de Chelly, Arizona.

Penso que cada marca, que meu corpo carrega, tem uma linda história. Às vezes me pego na frente do espelho. Vejo uma nova pequena ruga, e já me coloco a calcular o que a causou. Depois reencontro com outra que já está vincada há anos e me recordo quando ela apareceu.

..
Nativo Navajo de 108 anos de idade , vivendo perto Canyon de Chelly, Arizona

Poderia enumerar também a história de cada fio de cabelo branco. Foram filhos, amores, marido, amigos... que colocaram eles ali. Não quero me desfazer de nenhuma dessas marcas, apenas amenizá-las. Mereço isso. A vida me deve isso.

Homem de 109 anos de idade, Navajo, que passou grande parte de sua vida trabalhando para a ferrovia no Arizona

Hoje a parte que merece mais a minha atenção tem sido a cabeça. Tento, todos os dias, colocá-la no lugar, equilibrá-la, alimentá-la com sonhos e alegrias. Corpo e mente caminham juntos.
Se um estiver em estado lastimável, o outro provavelmente vai se deteriorar.

Homem chines de 102 anos de idade , um agricultor que começou a trabalhar na idade de quatro anos.

Não escondo minha idade. Não adiantaria falar que tenho trinta e cinco e apresentar um filho de vinte e cinco. Portanto eu confesso: tenho quarenta e oito anos. Metade deles bem vividos, a outra metade muito sofridos.

Homem afro-americano com 112 anos

É ai que está o encanto da minha idade. Conheci de tudo um pouco, das lágrimas aos sorrisos e ambos me fizeram ser essa pessoa que sou agora. Ficaram as rugas no rosto e na alma...
Contudo ficaram sorrisos em ambos.

Mulher chinesa com 102 anos

Minhas rugas mais bonitas são aquelas marcas de expressão que eu adquiri por tanto sorrir, muitas vezes, quando o coração chorava.

(Silvana Duboc)

Nossa sociedade ocidental valoriza a o "ser e manter-se jovem" e vivemos numa corrida desenfreada em busca da "eterna juventude", às custas sabe-se lá de quanto sacrifício... O tratamento anti-envelhecimento hoje começa cedo. É cada vez mais freqüente vermos meninas de 20 anos fazendo tratamento anti-rugas.
Cada uma das fotos acima mostra as marcas de se viver muito, atravessando três séculos!
E segundo alguns especialistas, as rugas podem até ser úteis!
Um recente estudo britânico (realizado na Universidade de Manchester e publicado na Revista Científica "Archives of Dermatology") afirma que as pessoas que possuem muitas rugas têm menos propensão a sofrer de câncer de pele. Segundo as pesquisas, pessoas com rugas relativamente profundas têm 90% menos chances de desenvolver o carcinoma basal, tipo mais comum de câncer de pele. Pode parecer incrível, afinal sabe-se que as rugas estão associadas ao excesso de exposição ao sol, grande vilão causador de câncer devido aos raios ultravioletas.
Cada pessoa envelhece e tem a pele danificada pelo sol de maneira diferente. Algumas podem tomar muito sol e não adquirir rugas, e mesmo assim contrair câncer. Sabe-se que a irradiação solar destrói o colágeno (proteína responsável pela elasticidade e pelo viço, cujo déficit causa as rugas) da pele. Na pele muito lisa, o colágeno é substituído por um fator de crescimento denominado Top-Beta, cujo crescimento prejudica o nosso sistema imunológico, explicando, desta forma, a maior propensão das pessoas sem rugas ao chamado "basalioma", forma de câncer de pele mais freqüente (atenção: o tipo de câncer de pele mais mortal é o "melanoma", causado justamente por excesso de exposição ao sol.)



5 comentários:

Noslen ed azuos disse...

olá Dalva, obrigado pela visita em meu blog! Muito interessante e lindo este seu post, fotos incríveis, uma história contada por rostos de nossa civilização e quanta poesia!

bjs
ns

Tatinha disse...

Bom dia menina,
Olha, pra ser sincera, eu fui muito abençoada por Deus com minha genética.
Não tenho o que reclamar (AINDA) com o que eu recebi Dele. Enquanto vejo tantos exemplos de mulheres desesperadas tenho uma pele que não tem rugas nenhuma aos 54 anos. Não mesmo.
Minha mãe com 74 anos, tinha uma pele de fazer inveja a qualquer mocinha, sem nunca ter passado um creme sequer. Acho que puxei a ela!!!!
Mas a industria da beleza anda a mil para poder ficar bem na foto. :)
Uma semana de beleza da alma para você, menian!

DILERMArtins disse...

Mas bah, guria.
Depois de um certo tempo a idade deixa de ser problema, ou solução...Importa realmente é a qualidade da vida que se leva.
Gostei de saber que rugas fazem bem à saúde.
Tem selinho pra você ´lá no ARTeiro, se gostar é só pegar.
Abração.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Venho rapidamente deixar um beijo com cheiro de mar e dizer que se pudesse, daria um abraço bem apertado com o vento trazendo o cheiro desse encanto que é a blogosfera e a essência que se aloja sempre nessas palavras tão carinhosas.

Estamos corridos, mas o beijo jogado no ar tem que chegar vexado no seu coração.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca


-

Tucha disse...

Incrivel o que a arquitetura do tempo faz nos rostos, uma estranha beleza.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...