sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

No dia do Natal mais desejado




No dia de Natal... meu doce amigo...
Que sofre abandonado e sem abrigo
Como Jesus sofreu... preso na cruz,
Eu quero que um anjo te visite
E que ele te ofereça um convite,
Para voar nos braços de Jesus.

Eu quero, meu irmão, que neste dia,
Jesus renasça... vivo ! ...em alegria,
Nesse teu coração fragilizado
Por tanta solidão, tanto abandono
E cuide do teu sonho e do teu sono,
No dia do Natal mais desejado...

Eu quero, meu irmão, que o nazareno
Conforte a tua dor e que, sereno,
Te faça, como ele... um menino
Que apesar de frágil e carente,
Se torne poderoso...de repente
E enfrente a força...vã do teu destino.

Eu quero que tu sintas no teu peito
Um coração batendo e satisfeito
No ritmo feliz da emoção
E que neste teu dia de Natal,
Jesus te traga o rumo ideal
Que possa abençoar teu coração.
Eu quero, meu irmão, apenas isto,
Que a imagem poderosa desse Cristo
Que alguns confundem com Papai Noel,
Te faça, mais que nunca, um vencedor
E que substituas tua dor
Por todo amor que emane lá do céu.
.
Luiz Gilberto de Barros
.
.

FELIZ NATAL!

.

3 comentários:

Chica disse...

Lindo poema e FELIZ NATAL!beijos,chica

M. Nilza disse...

Bom dia Dalva!
Ficou muito lindo seu post. Simples. o poema muito bom e a escolha das imagens sensacional!!
feliz Natal pra vc e um 2010 bem melhor que o que stá indo!!
Beijos

b disse...

Olá e com licença.
Acredito que a Misericórdia Divina, faz mover as pessoas mais abandonadas pela sociedade.
Pois elas se movem e há, inserida nessas pessoas, uma dignidade que jamais entenderemos - apenas como sendo de benção.
Compensação, digamos.
Escrevo assim porque trabalho com os que têm menos ou nada e assisto isso que descrevi.
1 abraço e Boa - Sorte.
Muito terna a sua postagem.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...