sexta-feira, 5 de março de 2010

Hung Liu

.
O trabalho da artista chinesa Hung Liu, nascida em Changchun, em l948.
Ela cresceu em Pequim, durante a época de Mao Tse-Tung.
Após terminar o colegial em 1968 ela foi enviada para o campo pelo período de quatro anos, durante a Revolução Cultural, onde trabalhou com camponeses colhendo arroz, trigo e milho durante os sete dias da semana.
.
Durante este tempo, ela fotografou os agricultores locais com suas famílias.
A arte de Hung Liu é um resumo de sua história pessoal: os jovens de sua época foram violentamente "reeducados" pela Revolução Cultural.
.
.
Ela caiu-se de amores pelos retratos antigos dos imperadores, suas esposas e concubinas. Inspirou-se em suas feições tristes e desesperançadas, não muito diferentes dos rostos das mulheres chinesas dos dias atuais, que lutam duramente pela sobrevivência.
Esses rostos contradizem a versão otimista da Revolução Chinesa.
.
.
Seu trabalho sempre parece ter sido lavado e deixado a escorrer liricamente... nas lavagens das pinturas a óleo...
Além disso, um toque especial é dado pela colagem de símbolos chineses, como aves, borboletas, peixes, libélulas, frutas, gafanhotos, etc...
.
.
Suas pinturas são uma fusão de estilos antigos e contemporâneos: passado e presente, realidade e fantasia: símbolos que coexistem em sua arte.
.
Os rostos de suas pinturas é um simultâneo revelar e esconder, em camadas fragmentadas. A vivacidade está nos olhos, que parecem olhar para a eternidade.
.
.
Depois do período do trabalho na lavoura, de volta a Pequim, graduou-se em 1975 e começou a ensinar arte em uma escola de elite e também começou a ensinar em um programa para crianças na televisão, "How to Draw and Paint", que durou vários anos e foi amplamente reconhecida.
.
.
Em 1979 frequentou a Academia Central de Belas Artes, onde se especializou em pintura mural. Em 1980 candidatou-se ao programa de artes visuais da Universidade da Califórnia, San Diego. Finalmente aceita pelo regime, graças a sua arte, Hung Liu levou quatro anos para obter um passaporte do governo chinês. Ela chegou à Califórnia no final de 1984.
.
.
.

.

6 comentários:

Ana Tapadas disse...

Obrigada pelas palavras no
«4 ELEMENTOS»
Aqui a criatividade é magnífica!
bj

Tucha disse...

Belissímo trabalho, ela conseguiu dar um toque contemporâneo sem perder a delicadeza da arte tradicional chinesa.

Chica disse...

Mais um post interessante mostrando artistas e pinturas.beijos,chica

Georgia disse...

Dalva nao a conhecia, muito interessante o teu post.

Já li o livro que vc está lendo.


Bjao e bom fim de semana

DILERMArtins disse...

Mas bah, guria.
Não conhecia...Mas fiquei impressionado, quando se tem talento e algo a dizer, não importa a linguagem.
Ele é muito bom, obrigad por compartilhar.

Lilá(s) disse...

É tão grande a riqueza destes postes que quase tenho dificuldade em comentar!
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...