quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

A linguagem das flores - violeta


Uma flor não é simplesmente uma flor...

A VIOLETA


Com aspecto singelo e frágil, a violeta tem por trás de suas delicadas folhas uma história interessante. Acredita-se que ela tenha originariamente surgido na Europa, há centenas e centenas de anos. Conta-se também que era a flor preferida dos gregos, já que simbolizava o amor entre Zeus e sua sacerdotisa. Conta-se que Zeus, ao transformar sua amante em vitela, fez com que todos os campos se cobrissem de violetas – para honrar, alimentar e perfumar sua querida amante...

Quanto aos romanos, conta-se que o imperador Haliogábalo, que governou entre os anos de 218 e 222, apreciava banhos preparados com essas flores. E também mandava decorar o seu palácio com muitas violetas. Além disso, um de seus manjares prediletos levava, entre os ingredientes, pétalas de violeta.

As violetas também tiveram papel marcante no romance entre Josefina e Napoleão, já que foram as flores escolhidas por ela para a homenagear o seu amado...


A simples violeta se apresenta em muitas variações. No Brasil a mais comum é a violeta africana, descoberta em 1892 pelo pesquisador alemão Barão Walter Von Saint Paul.


Tão delicada quanto a violeta africana, existe a violeta perfumada (Viola odorata). Além da beleza ela possui um outro atributo: um suave perfume e propriedades medicinais. Da família das Violáceas, pouco conhecida no Brasil, ela se parece muito com a violeta africana, mas as diferenças são fundamentais. As flores da Viola odorata são, além de perfumadas, de cor roxa intensa. Suas folhas são ovais e lisas, e possui uma haste longa. A violeta africana não tem perfume, possui folhas aveludadas, de formato arredondado e suas flores têm cores variadas. Seu valor é apenas decorativo, não tendo uso medicinal.


Usada na medicina homeopática desde 1829, os poderes da Viola odorata são conhecidos desde a Antiguidade, e eficientes contra sinusites, tosse, dores de ouvido, rouquidão e reumatismo.
Os povos antigos usavam a florzinha, sabiamente: em coroas contra as dores de cabeça.


Ela é conhecida na Inglaterra como Sweet Violet (doce violeta) e na França chama-se Violette Odorante.

Na cultura de vários povos acredita-se que a Violeta tenha poderes mágicos... Diz-se que quem colher a primeira violeta que se abrir na primavera encontrará o verdadeiro amor...
Seu perfume tem poderes afrodisíacos, e por isso as flores eram usadas como ingredientes para as antigas "poções do amor"...
Ela ainda é bastante utilizada na fabricação de perfumes, talcos, desodorantes e sabonetes. Como se pode ver a violeta é uma flor surpreendente e cheia de curiosidades!

A cidade de Toulouse, na França, tem como símbolo uma violeta - já que seu aroma serve para dar sabor aos seus licores e produtos de confeitaria... Além disso, elas são essenciais no preparo de perfumes e cosméticos.


Alguns conselhos bem úteis:

Compressa com Violetas
Em uma xícara de água quente, coloque 1 colher (chá) de flores de Viola odorata. Deixe coberto por uns 15 minutos e depois coe. Usar em compressas com um chumaço de algodão ou gaze sobre machucados e escoriações, para facilitar a cicatrização.

Suavizante da pele
Coloque para ferver meio litro de água e junte 10 colheres (sopa) de folhas e 4 colheres (chá) de Viola odorata. Deixe ferver por uns 10 minutos. Coe ainda quente e vá misturando amido de arroz até obter uma espécie de pasta leve. Junte uma colher (chá) de glicerina e misture bem. Use o preparado para suavizar peles irritadas.


São lindas, ocupam pouco espaço e deixam o ambiente alegre e colorido. Com suas cores vivas brilhantes são as flores mais comercializadas e colecionadas em todo o mundo. Figuras constantes em quase todos os jardins e varandas, elas florescem desde a primavera até o final do verão, e suas flores permanecem por duas ou três semanas.

Eu tenho algumas aqui em casa: não abro mão de suas cores e beleza...


5 comentários:

Lilá(s) disse...

As violetas fazem parte das minhas recordações de infância, sempre havia no jardim imensas violetas muitas vezes colhia raminhos. Neste momento num cantinho do jardim ainda lá estão, já floridas e perfumadas.
Bjs

Emanuel disse...

Muito significativo, para mim; sonhei com violetas na noite passada.
Obrigado!

Chica disse...

Adoro e sempre tenho por aqui!Linda postagem mais uma vez!beijos,chica

Georgia disse...

Dalva, no Brasil eu fazia colecao dela e enxertos. Eu tinha muitas variacoes por causa do enxerto e outras cores que ninguém tinha. A simples folha dá a origem de outra.

Bjao

Tucha disse...

Qdo morava em casa, cultivei as violetas num caintinho sombreado do jardim. Agora em apartamento ão posso mais fazer isto mas elas ainda trazem com sua delicadeza alegria. Não sabia de toda a utilidade destas pequeninas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...