terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Cura

.
.
"O tempo não cura tudo.
Aliás, o tempo não cura nada.
O tempo apenas tira o incurável
Do centro das atenções"
.
Martha Medeiros

.

11 comentários:

lis disse...

Oi Dalva
Nao falei que nossa sintonia é fina.
Também escolhi um trecho da cronista M.Medeiros.
Gosto do cotidiano dela.
abraços

Chica disse...

Muito legal!Ela é bárbara e daqui de P.Alegre...!beijos

lis disse...

Oi Dalva
Voltei pra te ensinar colocar a música só com som , quem me ensinou foi a doce amiga Wania do Encantaventos, vamos lá :
.ache a sua música no Youtube;
. no quadro ao lado do vídeo, onde fica o nome dá música, aparecem as siglas URL e INCORPORAR...vá no incorporar e copie,normalmente.
Agora:
. como se muda o tamanho...lendo aquele texto todo cheio de números e letras vai aparecer isso aqui, por exemplo ---object width="425" height="344 ---- aí pega este número 425 deleta e coloca "28" , mas abaixo vai aparecer de novo isso e muda de novo o número 425 por 28 ,cuida para não tirar nenhum sinalzinho a mais do texto, se não estraga tudo!

. se quiser só o botão , como vou postar amanhã é só fazer o mesmo com o número 344 também substituindo por 28 , entendeu ?

Tente e depois me diga , se aparecer algum recado bobo na hora de postar , insita que vai rsrs
beijinhos

Georgia disse...

Nao sei, Eu acho que o tempo faz com que a coisa nao se tenha mais tanta importância ou muitas das vezes o contrário. Com o tempo se dá mais importância.

Bjao

LLacerda disse...

Os textos de Medeiros são maravilhosos!

Gil. disse...

Dalva, td bem?!

Seu blog é lindo!
Parabéns!
Voltarei mais vezes, viu?!

Ps.: Tb gosto da Martha :)
Ela fala a nossa língua!

Jr Vilanova disse...

Nossa senhora... que palavras as de Martha, hein! Maravilhosas! Aliás, sou muito fã dessa mulher, show!
Beijo, viu Dalva? Tava com saudades de vir aqui!
Jr.

Lilá(s) disse...

Gosto de deixar o tempo passar...até cura um pouco.
Bjs

Tucha disse...

Tirar do centro das atenções é o começo da cura, ou da cronificação da questão. Bom mesmo é resover os incomodos e seguir na paz das coisas resolvidas.

Luma Rosa disse...

Mágoas rabiscam a alma e se a ponta do lápis foi muito afiada, coração sangra todas as vezes que a mágoa é relembrada. Mas certo que para ser relembrada, não houve perdão! E o perdão é qualidade divina!! Beijus,

Juliana Lira disse...

Eu acho que o tempo é como um láudano, ele apenas causa-nos uma entorpecência que alívia nossa dor.

Foto:muito fofa, amei


Milhões de beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...