terça-feira, 28 de janeiro de 2014



Porque eu permiti, entrou na minha casa. 
Revirou tudo. Bagunçou tudo. Me fez  perder o controle.  
Sujou meu tapete, quebrou minha louça. Pisou meu jardim. 
Queria me convencer que aquele não era o meu lugar. Que desvendaria meu segredo.

Porque eu decidi, vou esconder a chave, mudar o segredo, limpar o tapete. 

Porque você não desiste, vai perceber, então, que eu já desisti bem antes de você.

Dalva Nascimento


Crédito da imagem: fotografia de Rosie Hardy, no Flickr



Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em http://infinitoparticulardalva.blogspot.com.br/.



2 comentários:

devaneadora disse...

Que lindo o blog.

É desistir de algo que nos é importante é complicado, e fazer com que as pessoas entendem é ainda pior.

Amei o barulho do 'sino' ali a cima. Muito lindo.


Bekigirl

Sylvio Mário Bazote disse...

Bela postagem!

Desejar ter controle da nossa vida é uma ambição muito grande para ser realizada, pois são tantos os descaminhos externos e internos...
mas devemos nos esforçar para controlar o essencial, mantendo nossa saúde e integridade, física e mental.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...