sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Um rio em minha vida

.
.
Conheço Rios
.
Conheço rios tão antigos quanto o mundo e mais velhos que o fluxo de sangue humano nas veias humanas.
Minha alma se tornou profunda como os rios.
Banhei-me no Eufrates quando eram jovens as auroras.
Construí minha cabana junto ao Congo e ele me cantou canções de ninar.
Olhei para o Nilo e acima dele levantei as pirâmides.
Ouvi o canto do Mississippi quando Abe Lincoln desceu até New Orleans e vi seu seio lamacento tornar-se ouro, ao pôr-do-sol.
.
Conheço rios: antigos, cinzentos rios. Minha alma se tornou profunda como os rios.
.
Langston Hughes
.

3 comentários:

Nade disse...

Amada, estou saindo de férias e ficarei um pouco ausente da blogosfera... Claro que tentarei estar presente, mas não será com a mesma frequencia. Por isso, fiz um selinho pra que não esqueçam de mim... ;) É um presente, não tem nada de repasse obrigatório ou algo do gênero, ok! Repassa, se quiser... Está lá no meu blog. Pega ele pra você!
Fique com Deus e que tenha muita paz no coração!
Prometo que terei muitas novidades para dividir!!!
Um beijão!

Dalva disse...

Obrigada pelo selinho, Nade... aproveite as férias, e volte logo, viu?

Beijos!

* Fada * disse...

*Belíssimo texto !!!

*Amo os rios !!!

*Ótima semana, *Dalva !!!

*Beijossssssssss.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...