sábado, 31 de janeiro de 2009

Auto-retrato

.
.
"Escrever pode ser, ou é, a necessidade de tocar a realidade, que é a única segurança de nosso estar no mundo – o existir.
É difícil, se não impossível, precisar quando as coisas começam dentro de nós.
(...)
A vida dói... Para mim o tempo de fazer perguntas passou. Penso numa grande tela que se abre, que se me oferece intocada, virgem. A matéria também sonha. Procuro a alma das coisas.
.
Nos meus quadros o ontem se faz presente no agora. A criação é um desdobramento contínuo, em uníssono com a vida.
.
O auto-retrato do pintor é pergunta que ele faz a si mesmo, e a resposta também é interrogação. A verdade da obra de arte é a expressão que ela nos transmite. Nada mais do que isso!"
.
Iberê Camargo

.

2 comentários:

Vanessa disse...

Dalva , seu blog é lindo. Parece um museu de belas artes virtual.

bjs

Dalva disse...

Obrigada, Vanessa!

Bjs.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...