quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Idade invisivel

.
Interessante projeto da fotógrafa Jan Potts chamado "The Invisible Age"
.

.

São auto-retratos feitos por mulheres que se sentem "invisíveis". Assim se definem:

..

"Ao mostrar nossas imagens aqui estamos declarando a nossa sensação de invisibilidade e, ao mesmo tempo, estamos nos tornando visíveis, mesmo que fugazmente..."

A idade invisível:

Nossa sociedade valoriza mulheres mais jovens, por sua beleza e vitalidade. Também valoriza mulheres mais velhas por sua sabedoria e caráter. Mas, aos olhos dessa mesma sociedade, a mulher de 50 ou 60 anos tem pouco valor é torna-se praticamente invisível.

A Idade Invisível não é apenas um fenômeno externo, segundo Jan Potts, mas também tem seu aspecto interno. Nesse processo a mulher experimenta o velho eufemismo "mudança de vida". Passa por muitas transições, sofrendo não apenas devido às alterações hormonais provocadas pela menopausa, mas também devido às mudanças físicas e emocionais.


São momentos que geralmente incluem perdas: a morte dos pais, o fim de parcerias e relacionamentos pessoais, a mudança dos filhos...


Mas esse tempo também pode ser uma época de recomeços... novas relações, novas opções de trabalho, menos obrigações familiares.

Muitas vezes a idade invível coloca a mulher numa luta vital para uma auto-redefinição à luz de todas essas mudanças..

Veja aqui o excelente projeto de Jan Potts.

.

7 comentários:

Edilson disse...

Parabéns pela delicadeza de blog...espero sua visita em meu cantinho www.lua2gatos.blogspot.com
tudo de melhor pra ti...abraço grande.

Luma Rosa disse...

Dalva, nunca tinha pensado sobre isto, nesta sensação, neste modo de sentir o mundo. Acho que a mulher sempre se dedica à algo e se esquece dela, mesmo que se cuide, que tenha vaidade, sempre existem outras opções que a preenchem, como casa, marido, filhos, trabalho... as mudanças hormonais, a baixa do metabolismo e o próprio curso da vida, fazem as atividades diminuírem e tudo isto concorre para a mulher se sentir renegada. Mas aqui no Brasil, encarar a maturidade é mais difícil que qualquer outro lugar. O Brasileiro está muito preso às aparências.

*Ontem estive aqui, o bloguinho ficou aberto, queria comentar, mas era um entra e sai da minha sala. Credo!!

Beijus,

Georgia disse...

Dalva, o mundo só vê o belo desde os tempos dos gregos.

Gostei de como este teu post coloca sob outra perspectiva um assunto tao difícil para nós mulheres.

Um beijao

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

''Parabéns!!! Seu blog está concorrendo ao The Best GB 2009. São 10 blogs participantes. Destes, os 3 blogs com maior quantidade de votos, serão premiados com o Troféu The Best GB 2009. A votação encontra-se na página principal da Gazeta dos Blogueiros e se encerra em 1 semana. Faça a sua campanha! Boa sorte!

Gazeta dos Blogueiros ''



Queridos amigos,



Já que estamos concorrendo a esse prêmio, gostaríamos muito da sua participação votando na gente. Sempre é um prazer fazer parte de qualquer tipo de interação onde o prêmio é o reconhecimento daquilo que fazemos com amor.



Pra votar:



Clica aqui!


http://www.gazetadosblogueiros.com/


-

Valéria Russo disse...

Linda Estrela..
é realmente não pensamos muito sobre isso, mas o ato de envelhecer realmente torna anós mulheres invisiveis..
a idade traz com ela as consequencias do tempo e então passa-se a achar que a mulher madura não ama, não faz amor, não tem sonhos, desejos, alegrias e medos...
juntamente com as rugas vem a insensibilidade do mundo ...
linda essa mostra de fotografias, a expressão contida nelas, mostra bem o estado de espirito de cada qual..
adorei.
espero me manter visivél até o fim , sei que não será pela beleza ..
mas pela alegria de ter as rugas do meu bem viver.
bjuivos em seu coração.
loba.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Dalva,

Um beijo, um abraço e um cheiro, menina linda do meu coração.

Agradecemos o seu voto!

=]

Rebeca


-

Tucha disse...

Engraçado que antes mesmo de ter lido sobre este tema eu tinha esta sensação de invisibilidade, como se a medida que ia perdendo a juventude e a beleza ia desaparecendo, especialmente para os sexo oposto. Aí conheci um homem cego que me viu...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...