terça-feira, 31 de agosto de 2010

Seu robô pessoal

.
Essa semana uma imagem chamou minha atenção num notíciário: uma idosa segurando um "bebê foca"... Só que esse "bebê foca" é um robô, mais precisamente um "robô pessoal". A idosa é residente em um asilo para portadores de demência, em Washington.
.
Foto: The New York Times
Idosa segura "robô pessoal", modelado com objetivo terapêutico para pacientes com demência
.
O referido "robô" se move quando é acariciado, pisca os olhos quando se acendem as luzes, abre os olhos quando se faz barulho e geme quando o seguram de forma descuidada. Sob seu pelo sintético branco, existem dois microprocessadores, responsáveis pelo ajuste de seu comportamento, baseados em informações de dezenas de sensores capazes de monitorar som, temperatura, luz e toque. Ao chamá-lo pelo nome, ele responde, pois é capaz de aprender um pequena quantidade de palavras.
.
Idosa (à dir.) segura "robô pessoal" modelado com a aparência de uma foca para ter propriedades terapêuticas para pacientes com demência
.
Robôs deste tipo têm sido amplamente usados para apoiar, fazer companhia e até acalmar pacientes em hospitais e escolas, além de alimentar toda espécie de ficção científica sobre máquinas capazes de se relacionarem com os seres humanos.
.
.
Se você dispõe de alguns milhares de dólares para gastar, pode ser o feliz dono de um robozinho destes, com personalidade perfeitamente modelada à sua escolha e necessidade. Eles podem ser sensíveis ao som, responder perguntas simples, rir de suas piadas... Por isso têm sido de grande ajuda no combate a solidão dos idosos residentes em asilos, ou mesmo em suas casas. Pelo mundo afora as pessoas idosas vivem sozinhas, sem ter com quem conversar, e esses robôs não se importam nem um pouquinho em ouvir as mesmas histórias mais de uma vez...
.
.
Mas, se você ainda não chegou a essa idade, nem por isso fica de fora do alcance desta tecnologia. Existem outros tipos de robôs, programados para ajudar aqueles pais que vivem ocupados e não têm tempo de brincar com seus filhos. Eles são capazes de acessar a Internet, conseguem desenhar e distrair as crianças enquanto seus pais trabalham.
.
.
E se você estiver precisando fazer uma dieta, que tal ter um robô obstinado em fazê-lo emagrecer? Ele vai ficar na sua cozinha, controlando tudo o que você comer e monitorando os exercícios físicos que você pratica. E ele fala com você! Imagine-se comendo um generoso pedaço de pudim, e ouvindo seu robô dizer: "Ei! Não faça isso! Tenha vergonha na cara e vá comer uma salada!"
.
.
E não poderia faltar o robô do sexo. Elaborado a partir de um sistema que memoriza frases ditas por pessoas próximas, ele conversa com o seu dono, e é capaz de ter um orgasmo! Os criadores estão aprimorando a linha, tentando reproduzir robôs com personalidades diferentes, que vão desde a mais desinibida até a mais tímida e reservada. E os futuros "esposos" podem, ainda, escolher a cor dos olhos, do cabelo...
.
.
A tecnologia da robótica chegou para ficar, e a cada dia sua aceitação vai crescendo, e mais e mais pessoas vão adquirindo seus "robôs pessoais"...
.
Finalizo este post com um perguntinha bem simples: você faria sexo com um robô?
.

8 comentários:

Tucha disse...

Muito louco isto... a inteligência artificial se tornando realidade aos poucos.
Respondendo sua pergunta: não faria sexo com um robô, gosto do calor que a pele humana tem.

Ester disse...

Achei super interessante essa reportagem! A que ponto chegamos com os nossos idosos... precisam de um robô para não morrerem solitários,
a falta de amor faz isso mesmo.
Por outro lado, a tecnologia se multiplica e trás algumas soluções genéricas que podem funcionar

Abraços!

Valéria Russo disse...

LINDA ESTRELA...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
não, eu não faria sexo com um robô!!!!
mas adoraria ter um robo doméstico, ia ser perfeito....
será que já existe uma unidade dessas...????
e ainda que converse sobre coisas banais...kkk
já os modelos para idosos tem uma função muito especial...gostei.
adorei a postagem.
obrigada por seu carinho .
bjuivos no coração.

HSLO disse...

eu bem queira um robô sabe..., mas jamais faria sexo com um. Credo...rsrs


abraços

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

E assim estará decretada a solidão de fato. Robôs pra tarefas até que vai, mas meter um 'inteligência' é uma loucura muito próxima. Onde vamos parar?

até mais.

Jota Cê

* Fada * disse...

*Dalva ... esse post entristeceu-

me !!! Minha amiga, olha para onde

estamos caminhando ?! Total

SOLIDÃO !!! *Nossa Senhora !!!

Isso é a MORTE em vida para mim !!!

Por falar em MORTE EM VIDA ...

que situação DESESPERADORA a dos

mineiros do CHILE que estão

confinados lá naquele buraco da

Mina San José !!! *Meu Deus !!!

Muita TRISTEZA aquilo !!!

*Dalva, respondendo á sua

indagação : claro que eu NÃO faria

SEXO com um robô !!! Deus me

livre !!! ("Não sou a favor nem

do uso de VIBRADOR !!! kkkkkkkk

kkkkkkkkkkkkk). *AMO AS PESSOAS !!!

(kkkkkkkkkkkkkkkkkk).

*Dalva, amiga querida,

desejo-te uma ALEGRE segunda metade

da semana - hoje é quarta-feira;

né ?! kkkkkkkkkk - e um mês de

*Setembro com saúde, sucesso e

dinheiro no bolso !!! (*Amo este

mês !!! *Mês do início

da "Primavera !!!" Mês que

comemoramos o "Dia da Árvore !!!"

Mês das FLÔRES !!! kkkkkkkkkkk).

*Que DEUS continue

caminhando ao nosso lado !!!

*Um abraço e ...

*beijosssss.

Alma Inquieta disse...

Olá Dalva,

que triste não?

Eu não faria...!!!

Além de visitar-te passo para dizer-te que não saberia viver sem os meus amigos.
Para ti, que fazes parte deles, vai o meu carinho e o meu agradecimento em forma de palavras escritas no meu blog. A acompanhá-las há um presente feito especialmente para ti...
Visita o meu Estados de Alma e verás...

Um beijo.

lis disse...

Oi Dalva
Gostei dos robôs , simpáticos demais ! rs
Gostaria de ter um assim , pras coisas corriqueiras,regar plantinhas , sei lá né? acho que sexo só é bom quando há uma troca de calores , perfumes e sentimentos, seria tudo muito mecânico , só num caso muito extremo rsrs quem sabe?
muito bom Dalva
abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...