sábado, 11 de abril de 2009

Sonata ao luar

.
.
"Sombra Boa não tinha e-mail. Escreveu um bilhete:
'Maria me espera debaixo do ingazeiro quando a lua tiver arta.'
Amarrou o bilhete no pescoço do cachorro e atiçou:
- Vai, Ramela, passa!
Ramela alcançou a cozinha num átimo. Maria leu e sorriu. Quando a lua ficou arta Maria estava.
E o amor se fez sob um luar sem defeito de abril."
.
Manoel de Barros
.

2 comentários:

Úrsula Avner disse...

Oi minha flor, os textos que voce escolhe são realmente lindos ! Tenha um domingo com sabor de chocolate. Bjs.

Dalva disse...

Ursula,

Amei este trechinho de Manoel de Barros... Que seu domingo tenha sido recheadinho de coisas boas e chocolate, que sempre é muiiiiiiito bom!

Boa Páscoa!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...