domingo, 12 de abril de 2009

Apenas um olhar

.
.
“Quantas vezes tenho passado perto de um doente, perto de um louco, de um triste, de um miserável, sem lhes dar uma palavra de consolo.
Eu bem sei que minha vida é ligada à dos outros, que outros precisam de mim, que preciso de Deus.
Quantas criaturas terão esperado de mim apenas um olhar – que eu recusei.”
.
Murilo Mendes
in A poesia em pânico

4 comentários:

Nade disse...

O que posso desejar para este período de reflexão?
Que as verdadeiras amizades continuem eternas
e tenham sempre um lugar especial em nossos corações.
Que as lágrimas sejam poucas, e logo superadas.
Que as alegrias estejam sempre presentes
e sejam festejadas por todos.
Que o carinho esteja presente em um simples olá,
ou em qualquer outra frase, ou digitada rapidamente.
Que os corações estejam sempre abertos para novas amizades, novos amores, novas conquistas.
Que Deus, esteja sempre com sua mão estendida,
apontando o caminho correto.
Que as coisas pequenas como a inveja ou o desamor,
sejam retiradas de nossa vida.
Que aquele que necessite ajuda encontre sempre em nós uma animadora palavra amiga.
Que a verdade sempre esteja acima de tudo.
Que o perdão e a compreensão superem as amarguras e as desavenças.
Que este nosso pequeno mundo virtual seja cada vez mais humano.
Que tudo o que sonhamos se transforme em realidade.
Que o Amor pelo próximo seja nossa meta absoluta.
Que nossa jornada de hoje esteja repleta de flores.
Feliz Páscoa a você e toda sua família!
Bjks
Orgulho de Ser

Úrsula Avner disse...

forte, profundo, comovente. Bjs

Dalva disse...

Nade,

Agradeço teu carinho em minha ausência provisória!

Beijos!

Dalva disse...

Ursula,

Este trecho tocou-me para a manhã da Páscoa! Quantas vezes esquecemos que Deus se faz encontrar naquelas pessoas, sempre as mais pequenas, que estão a nosso lado...

Beijo e que a luz da Páscoa inunde tua semana!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...